Angelical Moda Íntima – Moda Íntima Feminina e Masculina


A coleção Campo dos Sonhos da Angelical Moda Íntima tem um apelo romântico que remete a esse universo de uma sensualidade mais lúdica e terna. Inspirada nas riquezas sensoriais e imateriais que o campo proporciona, é uma retomada da valorização do simples e um resgate da capacidade sonhadora, imaginativa e livre que todos temos, mas que se perde no cotidiano apressado, duro e por vezes tão insensível, no qual vivemos atualmente. É um convite à subversão de valores, priorizando a leveza, o conforto, a liberdade, a simplicidade e o que nos toca a alma. E dentro desse imaginário, a coleção traz peças democráticas, confortáveis, com texturas, cores e estampas inspiradas na natureza.



A campanha trabalhou para integrar todas as referências de leveza, rusticidade, sensualidade e romantismo pontuados na criação das peças e estampas da coleção As cores base da campanha são as cores bases da coleção: orquídea, damasco, pétala e sensuale. E a temática sonhos nos deu a possibilidade de ousar, tornando bastante cenográficos e lúdicos os campos de oliveira, onde foram realizadas as fotos.



As fotos foram feitas na Fazenda Irarema, que se localiza entre Poços de Caldas (MG) e São Sebastião da Grama (SP). O cenário do nosso campo dos sonhos é o negócio da família, mas antes disso é o sonho deles. Já cultivavam o café e outras culturas, e um dia sonharam ter novos campos plantados com oliveira. Plantaram, cuidaram e agora estão colhendo! Hoje a Fazenda Irarema produz um dos melhores azeites do mundo, premiado em New York e um dos melhores azeites das Américas, também premiado em renomados concursos.


Para os povos orientais a oliveira é um símbolo de beleza, força, bênção divina e prosperidade. Na Grécia antiga, a Oliveira era respeitada como sagrada, representava a beleza, fecundidade e dignidade. As sombras da árvore eram procuradas pelas gregas quando desejavam engravidar, onde passavam um longo tempo absorvendo sua energia de fertilidade e paz. Em competições e jogos, os vencedores recebiam uma coroa confeccionada com folhas e ramos de oliveiras. O ornamento representava a vitória e, antigamente, era utilizado como uma joia real chamada de coroa do Fauno – criatura da mitologia que é a personificação da virilidade e prazer sensorial.  As oliveiras impressionam especialmente por sua perenidade. Elas crescem bem no calor intenso, com pouca água e são praticamente indestrutíveis, resistindo a todas as estações. Seu desenvolvimento é lento, mas contínuo. Dizem que é impossível matar uma oliveira. Ainda que seja cortada e queimada, novos ramos emergem de sua raiz.